Entrevista do Professor Vicente no site da ANGRAD

Entrevista do Professor Vicente no site da ANGRAD
Por: Nathália Brasil
Data: 23/02/2012 11:46


O Diretor de Relações Internacionais da ANGRAD e Presidente da Associação Internacional de Educação Continuada - AIEC, o Prof. Dr. Vicente Nogueira Filho, concedeu uma entrevista ao site da ANGRAD, abordando as novidades da AIEC.


Prof. Dr. Vicente Nogueira - Sim. Considero que a AIEC não apenas atingiu o objetivo de ser um curso de Administração com uma nova e revolucionária proposta de ensino, como foi além disso. Os egressos do curso de Administração da AIEC são profissionais habilitados para funções que exigem competências e habilidades de alta complexidade e com a visão sistêmica exigida pelas empresas. Mesmo aqueles que já estavam no mercado de trabalho ao ingressarem na AIEC, sentem-se mais seguros no desempenho de suas tarefas diárias e chegam a alcançar promoções em seus trabalho, a exemplo dos funcionários do Banco do Brasil, da Odebrecht e da Vale. Com mais de 5.000 graduados, não raro os alunos da AIEC são contratados por empresas onde desenvolveram o Trabalho de Conclusão de Curso (que funciona como uma consultoria). Isso é empregabilidade, o que infelizmente não é comum à maioria dos egressos de outros cursos de Administração.

A AIEC mostrou, nesses mais de 10 anos de existência, que sua metodologia de ensino e excelência do corpo docente são responsáveis pela qualidade de ensino. Tais constatações são evidenciadas tanto pelas excelentes notas obtidas nas avaliações do MEC quanto do ponto de vista dos alunos. A AIEC obteve, em 2011, a segunda colocação em uma pesquisa de satisfação feita pela ABE-EAD (Associação Brasileira dos Estudantes de Educação a Distância), que ouviu mais de 15 mil alunos de 59 instituições de Ensino Superior do Brasil e que avaliou, além da qualidade do material didático, a atuação dos professores e tutores, os pólos de apoio dos encontros presenciais, o atendimento, o preço e sistema de pagamento, além do desempenho dos alunos no curso.


ANGRAD - Que transformações estruturais a AIEC sofreu ao longo desses 13 anos?

Prof. Dr. Vicente Nogueira - A AIEC consolidou sua metodologia, mas jamais se acomodou. A busca da melhoria contínua dos seus processos – atestada pela certificação ISO 9001:2008 – faz com que a inovação seja uma constante, não apenas em termos tecnológicos, mas também na conquista de novos mercados. Além de possibilitar o acesso ao ensino superior a milhares de alunos dos cantos mais remotos do Brasil (hoje com pólos em 39 cidades), a AIEC tem alcançado um crescimento significativo na África. Atualmente a AIEC tem cerca de mil alunos em Angola, onde proporciona uma oportunidade de crescimento educacional e profissional, formando gestores num país devastado por décadas de guerra civil, além de viabilizar a formação de brasileiros que trabalham e moram naquele país. Mais recentemente, atendendo à demanda de grandes empresas brasileiras, a Faculdade solicitou ao MEC autorização para abertura de pólos em Moçambique, no intuito de oferecer a brasileiros e moçambicanos uma oportunidade de formação acadêmica e profissional baseada num modelo de educação que, além de propiciar ao estudante, ao mesmo tempo, disciplina e flexibilidade, alia aspectos como o estímulo ao trabalho em equipe – com ferramentas de comunicação de alta tecnologia – e o incentivo à pesquisa de temas atuais como complemento ao estudo formal.


ANGRAD - O processo de globalização proporcionou o surgimento do Ensino à distância, podemos dizer que a AIEC propicia mais do que oportunidades a seus alunos?

Prof. Dr. Vicente Nogueira -
Sem dúvida alguma. A AIEC permite que seus alunos não apenas cursem uma faculdade a distância – o que por si só já propicia a inúmeros alunos a chance de estudar quando residem em áreas isoladas ou se encontram em situações pessoais específicas que os impedem de estudar em uma faculdade presencial –, mas sobretudo que tenham acesso a uma formação sólida e abrangente, condizente com o perfil exigido pelo mercado globalizado. Ou seja, a preocupação da AIEC é voltada para a formação de líderes empreendedores, que sejam capazes de criar seus próprios negócios e gerar empregos, tendo a criatividade como ponto de partida. As empresas carecem de administradores dinâmicos e competentes, capazes de gerir recursos com eficiência e inteligência e que estejam aptos a analisar sua realidade empresarial, repensar ações, prospectar cenários, tomar decisões e utilizar as mais modernas ferramentas gerenciais disponíveis no mercado. Esse é o profissional formado pela AIEC.


ANGRAD - A AIEC já encontrou a “fórmula do sucesso” ou ainda falta alguma coisa?

Prof. Dr. Vicente Nogueira - Em se tratando de educação, não existe a fórmula de sucesso; a aprendizagem – mesmo para as instituições de ensino – é constante, uma vez que os conteúdos e metodologias devem estar adaptados às transformações sócio-culturais. Podemos dizer que a AIEC cumpre o seu papel social à medida que colabora para a democratização de um ensino de qualidade. Apesar dos avanços dos últimos anos, infelizmente, o governo e mesmo a própria sociedade necessitam rever a postura equivocada no que diz respeito ao ensino a distância. Se por um lado uma parcela da sociedade ainda põe em xeque essa metodologia, o governo colabora com esse descrédito ao editar normas dissociadas das diversas realidades regionais ou autorizando e mantendo cursos sem rigor acadêmico, que utilizam uma metodologia antiquada de estudo baseada essencialmente em apostilas e aulas via satélite, sem o devido acompanhamento. O sucesso da AIEC é a prova de que é possível existir um ensino à distância de qualidade com reconhecimento internacional.


ANGRAD - Em nossa última entrevista, a AIEC tinha planos para estruturar um curso de pós-graduação. Este projeto já foi concluído?

Prof. Dr. Vicente Nogueira - Sim. A AIEC criou um MBA em Captação de Financiamento, que já formou centenas de alunos. Apesar da disponibilidade de diversas linhas de crédito nos bancos, voltadas a empresas, a maioria das solicitações não é atendida por falta de qualificação técnica dos projetos. Para suprir essa demanda, o MBA em Captação de Financiamento visa formar especialistas em financiamentos nacionais: profissionais aptos a elaborar planos de financiamento seguindo as normas dos principais bancos brasileiros. A AIEC analisou as exigências de diversos bancos e decidiu utilizar as normas do Banco do Brasil, por apresentarem maior grau de rigor.


ANGRAD – Qual o perfil do aluno da AIEC?

Prof. Dr. Vicente Nogueira - A maioria dos alunos possui entre 30 e 40 anos, está estabelecido no mercado de trabalho e almeja uma progressão funcional, mas não tem disposição nem disponibilidade para frequentar um curso presencial. Muitos alunos da AIEC já são graduados e, por atuarem em funções gerenciais ou por possuírem um negócio próprio, buscam adquirir conhecimentos específicos e desenvolver habilidades de gestão condizentes com o que se exige dos líderes atuais.